quarta-feira, 31 de outubro de 2012

RESULTADO SORTEIO PAINEIRA


Tivemos 36 participantes:

01 - Dalva
02 - Andréa
03 - Maria/Andrea
04 - Luci
05 - Marisa
06 - Láis
07 - Vanessa
08 - Manu
09 - Regina
10 - Cristiana
11 - Mirley
12 - José Carlos
13 - Eliane
14 - Jotta e Rosley
15 - Capitão Gancho
16 - Maria Tereza
17 - Sadhia
18 - Viviane
19 - Edvanda
20 - Isis
21 - Marisa Elida
22 - Joice
23 - Janaina
24 - Larissa santiago
25 - Florzinha Rejane
26 - Fabiana Cristina
27 - Adriana Spener
28 - Leonilda
29 - Vera Munhoz
30 - Paloma Abe
31 - Rosana
32 - Nivaldo
33 - Neri
34 - Vilma
35 - João Avelino
36 - Roberta 



 E a sortuda foi a 19ª participante:




PARABÉNS EDVANDA TRINDADE!!!

Você tem 48 horas para entrar em contato e passar todos os seus dados.









terça-feira, 30 de outubro de 2012

QUINDIM


Outro dia visitando o Blog Quitutes da Andréa me deparei com esta receita e em seus comentários ela disse que pegou a receita no Blog Cozinhando com Josy. Esses dois Blogs pra mim, são super recomendáveis, de amigas especiais que sempre postam também receitas experimentadas.


Fiquei com água na boca e reservei para fazer uma surpresa para o maridão, ele adooora quindim.
Ontem, foi o dia e a tardinha eles já estavam saindo do forno.

Segui a dica da Andréa em fazer com menos ovos, mas quero experimentar fazer a receita completa também. Pensei: - se com menos ingredientes, der certo, a receita completa deve ser show!

Não deu outra, a receita é maravilhosa, eles ficaram deliciosos.
Meninas, obrigada por vocês terem compartilhado essa delícia!

Aqui está a receita:

INGREDIENTES:

1 xícara (chá) de leite de coco Ducoco
3 ovos (usei 2)
10 gemas (usei 8)
2 e 1/2 xícaras (chá) de açúcar (usei  1 e 1/2 xícara)
1 e 1/2 xícara (chá) de coco ralado Ducoco (usei 1 xícara)
1 colher (sopa) de manteiga sem sal
1 colher (chá) de essência de baunilha
Margarina e açúcar para untar

Modo de fazer:
Retire as películas das gemas, passe-as em uma peneira, bata no liquidificador com os outros ingredientes até que fique homogêneo. Unte 8 forminhas médias de empadas com manteiga e polvilhadas com açúcar, ou uma fôrma de furo central, fôrma de pudim. Leve para assar em banho-maria dentro de uma assadeira, em forno pré-aquecido 200°C, por 40 minutos até dourar. Desenforme os quindins ainda mornos. 
A receita original está aqui. A Josy fez um Quindão.

Aqui em casa, renderam 12 unidades, acho que as minhas forminhas eram mais rasas, pois a Andréa disse com ela renderam 8 forminhas.



segunda-feira, 29 de outubro de 2012

ROCAMBOLE DE MORANGO COM CHANTILY COM CALDA DE CHOCOLATE


Ontem foi o aniversário da ONDAS DE SABORES,
um blog amigo muito especial pra todos nós.

A fonte da receita é da Bia Forte, mas eu pedi a Maísa para reproduzir a receita publicada em seu Blog, 
para podermos comemorar juntos esses momentos.

Temos amizades virtuais que pensamos que já nos conhecemos pessoalmente, sofremos quando elas sofrem, vibramos em cada vitória e ficamos felizes em momentos como estes.

Maísa, desejo que você esteja cada vez melhor e que nos traga mais e mais receitas maravilhosas.
Sabemos que as vezes reproduzimos receitas publicadas mas temos todo esse cuidado de passar a fonte segura, de pessoas que levam a sério essas indicações.

Minha homenagem hoje é para você Maísa.

PARABÉNS PELO SEU BLOG!!!
E que venham muitos e muitos anos pela frente.


INGREDIENTES E
MODO DE FAZER:

Pão-de-ló:
Na batedeira bata 1 xícara (chá) de açúcar e 6 ovos inteiros até dobrar de volume.
Enquanto isso, misture 1 xícara (chá) de farinha de trigo peneirada com 1 colher (sopa) de fermento em pó.
Dobrou de volume, desligue a batedeira e junte a farinha com o fermento, misturando delicadamente
(de baixo para cima).
Coloque em uma forma retangular untada e enfarinhada (usei 25 x 36 cm) e
leve ao forno médio (180º C) por 30 minutos.Reserve.

Creme de Chantilly:

Bata 3 xícaras (chá) de creme de leite fresco com 1/2 xícara (chá) de açúcar até obter ponto de chantilly. Reserve.

Calda de chocolate:

Misture em uma panela 1 xícara (chá) de leite + 1/2 xícara (chá) de açúcar + 1/2 xicará (chá) de chocolate em pó + 1 colher (sopa) de manteiga. Leve ao fogo até o ponto desejado. Reserve.

Montagem:

Espalhe parte do chantilly no pão-de-ló já frio.
Distribua 2 caixinhas de morangos lavados e picados e enrole.
Cubra com mais chantilly e regue com a calda de chocolate.
Decore com raspas de chocolate e morangos

fonte: Bia Forte


domingo, 28 de outubro de 2012

CARNE SECA COM BATATAS E REQUEIJÃO CREMOSO


Bom domingo a todos!

Sabe àquele dia que você deseja uma comidinha bem prática e rápida pra dois?
Pois é, eu sempre deixo a carne seca paineira já cozida e desfiada na geladeira para essas emergências.


Cozinhe na panela de pressão por 25 minutos, retire a gordura e reserve.
Claro que tem que ser a PAINEIRA.



A batatinha você pode cozinhar naturalmente na água e sal ou para ser mais rápida, coloque em um saquinho furadinho e leve ao microondas por 5 minutos, assim, já estamos com quase tudo pronto.

Esse saquinho todo cheio de furinhos, em alguns lugares é para servir o pão,
mas se não tiver esse use outro e fure em algumas partes.


Agora é só levar à frigideira uma colher de Qualy , 
deixar derreter e colocar a carne e as batatinhas.

Pronto! Coloque no prato e jogue o requeijão cremoso por cima, é bom demais!

Participe do sorteio Paineira AQUI!

sábado, 27 de outubro de 2012

CESTINHAS COM MASSA DE PASTEL


Essas cestinhas são maravilhosas para o lanchinho da tarde.
Super fácil de fazer e o resultado é lindo e saboroso.

O recheio fica a seu critério, desde o mais light ao mais calórico, depende do seu gosto.

A primeira foto foi feito com catupiry e goiabada.

E nesta segunda foto, pequenas porções de strogonoff, com um toque de catupiry também.

Para fazer as cestinhas, você deve colocar a  massa de pastel redonda tradicional, 
em forminhas de empada, recheá-las a gosto e levar ao forno até dourar a massa. 
Se quiser mais clarinha, deve ficar menos tempo.

Lembre-se que da maneira que você arrumar a massa com essas voltinhas,
é o jeito que ela ficará depois de pronta.

É super rápido, se o forno já tiver pré-aquecido.

Bom lanchinho pra vocês e um ótimo final de semana!



sexta-feira, 26 de outubro de 2012

DOCE DE ABÓBORA DE MICROONDAS


Semana passada ganhei uma abóbora gigante e fiz muiiiito doce de abóbora.

Eu particularmente adoro abóbora e dessa maneira prática 
que aprendi a fazer esse doce no microondas, é tudo de bom!


INGREDIENTES:

1 k de abóbora madura
(descascada e picada em cubos)
500g de açúcar (eu coloquei menos)
100 g de coco ralado (usei o adoçado e úmido)
cravo a gosto


Modo de fazer:

Descasque e corte a abóbora em quadrados, coloque num 
recipiente alto com tampa para micro-ondas.
 Leve a forno de 12 a 14 min em potência alta.

Após esse tempo, acrescente o açúcar, misture e leve novamente por 10 minutos.

Coloque o côco e o cravo deixe por mais de 4 minutos. Sirva gelado!

Aqui em casa nem deu tempo de gelar direito para começar a degustação.
Aprovadíssimo!!!

Muito obrigada Ediolene! 
A abóbora estava muito macia.

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

PENNE AO MOLHO DE FRANGO VAPZA


 Ainda dá tempo de divulgarmos o DIA MUNDIAL DO MACARRÃO. É claro que comemoramos em um dia especial, mas a sugestão é para qualquer dia da semana. 

Depois que experimentei os produtos
Vapza, fiquei tão surpresa com a praticidade que 
vou falar um pouquinho dessa marca pra vocês.

Afinal quando eu provo e aprovo, trago pra compartilhar com vocês!!!

Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: logo_4cores_verde
VAPZA indica produtos para o preparo de pastas 
Marca é a opção no preparo da paixão brasileira

Vapza – indústria paranaense produtora de alimentos cozidos a vapor e embalados a vácuo – tem em sua vasta linha de produtos, opções ideais para o preparo de pizzas. Ideais para recheios, os produtos conferem praticidade, qualidade e economia, além de não utilizarem conservantes em sua composição.
            A paixão pela pasta é tão grande, que o dia 25 de outubro é dedicado mundialmente ao macarrão. A palavra "Macarrão" vem do grego "Makària", que data há cerca de 25 séculos e significa caldo de carne enriquecido por pelotinhas de farinha de trigo e por cereais. A palavra "pasta" (massa para os italianos e a mais utilizada em vários países para se referir ao macarrão) vem do grego "Pastillos"
            Com vários tipos de formato, espaguete, parafuso, capelete, penne, e com bons ingredientes, seu preparo resulta em um prato diferente e saboroso. Aliás, estudos comprovam que ele deve entrar nas refeições diárias, já que faz parte do grupo de alimentos energéticos, sendo uma rica fonte de carboidratos. 
Nos produtos Vapza a matéria prima é selecionada e a tecnologia empregada garante a segurança alimentar e conserva todo o sabor e nutrientes dos produtos por muito mais tempo, além de dispensarem refrigeração. São práticos, naturais e saborosos e são prontos para o toque final. Para experimentar os benefícios de seus produtos, a Vapza sugere uma deliciosa receita de penne ao molho de frango Vapza.
“Penne ao molho de Frango Vapza”





Ingredientes:

500g de macarrão tipo penne
1 litro de água
2 colheres sopa de manteiga
2 dentes de alho bem amassados
1 cebola ralada
400g de Peito de Frango Desfiado Vapza
2 colheres sopa de queijo ralado
1 copo de requeijão
1 xícara de chá de leite integral
1 lata de creme de leite
Sal, manjericão a gosto.

Modo de preparo: Em uma panela, coloque a manteiga e leve ao fogo, doure a cebola e o alho. Em seguida, junte o Frango Desfiado Vapza e tempere com sal e manjericão, misture bem.  Acrescente o creme de leite, o leite, o requeijão, deixe ferver por 3 minutos. Desligue o fogo e reserve. Em uma panela, coloque 1 litro de água. Quando a água ferver, coloque o penne, e deixe cozinhar por 12 minutos ou até ficar macio. Escorra, coloque em uma travessa e despeje o molho por cima. Salpique com queijo ralado. Dica: se quiser deixar o prato pronto e aquecer no forno, poderá fazê-lo em banho-maria para não ressecar a massa. Por 10 minutos em forno preaquecido a 200º C ou no microondas por 5 minutos.

Sobre a Vapza:
Presente no mercado desde 1995, a Vapza produz alimentos cozidos a vapor e embalados a vácuo. O processo realizado permite cozinhar os produtos dentro da própria embalagem, evitando o uso de conservantes e mantendo as propriedades do alimento – como sabor, textura, cor e nutrientes – preservadas. São produtos Longa Vida que dispensam refrigeração. Pioneira em seu segmento, a Vapza busca sempre a inovação, ampliando sua linha de produtos de acordo com as necessidades do mercado. Hoje, a Vapza conta com uma linha de mais de 40 produtos de varejo e foodservice, entre eles a Carne Seca e o Frango Desfiado, a Batata Inteira e a Canjica. São todos produtos 100% naturais, livres de conservantes e prontos para o toque final do consumidor.
Mais informações – www.vapza.com.br  ou no blog www.cozinhavapza.com.br

BOLO DE CHOCOLATE COM RECHEIO DE CÔCO


Hoje a homenagem do Blog é para minha amiga Vivian Sandall.

FELIZ ANIVERSÁRIO Vivi!!!

Que Deus te proteja e te abençoe todos os dias!

Vivian é a minha amiga carioca que andava todos os dias na praia comigo.
Que saudade, né Vivi? Agora estou morando tão distante, mas saiba 
que você está sempre em minhas orações, minha querida!
Desejo que esse novo ano que se inicia hoje pra você, seja repleto de realizações.

===================

A receita de hoje, vem da casa de uns amigos maravilhosos 
que temos aqui em Manaus.

Uma família de dentistas. Hoje também quero homenageá-los:
FELIZ DIA DO DENTISTA!!!

Na véspera do dia das crianças, estivemos no aniversário do nosso amigo Eduardo:

Eduardo, eu, Adonai e Roberta

Entre várias sobremesas, servidas após o jantar, tinha o bolo de chocolate que a Malu 
e a Maria Eduarda sempre fazem. Dessa vez elas colocaram o recheio do Beijinho de Côco, mais molinho e ficou muito gostoso. 


Meninas, adoro estar com vocês!

Malu, Roberta, eu e a Maria Eduarda

INGREDIENTES:

6 colheres (sopa) de chocolate em pó (ou Nescau)
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 e 1/2 xícaras (chá) de açúcar
1 colher rasa de chá de bicabornato de sódio
1 colher de mãe (chá) de fermento
3/4 xícaras (chá) de margarina ou manteiga derretida
1 xícara de água fria
3 ovos

MODO DE FAZER:

Junte todos os ingredientes secos e peneirados em uma vasilha: 
chocolate, farinha, açúcar, bicabornato e o fermento em pó.

Junte os outros ingredientes de uma vez.

Bata bem e coloque em uma assadeira untada e polvilhada com farinha de trigo.

Leve ao forno por mais ou menos 40 minutos.

Como já disse aqui:

A Roberta, mãe da Maria Eduarda diz que em sua família sempre usaram a medida colher de mãe que é a colher bem cheia, a ponto de fazer o montinho em cima e a colher da sogra, que é aquela colher rasa, como se passasse uma faca para igualar a altura.  Vivendo e aprendendo, né? 


Bem, depois de pronto o bolo, corte ao meio na horizontal e faça um recheio com o beijinho de côco:

Leve ao fogo baixo o leite condensado, com uma colher de sopa rasa de margarina e assim que começar a desgrudar do fundo da panela, adicione o côco ralado. Se quiser menos doce, misture 1/2 lata de creme de leite, sem soro e passe como o recheio do bolo.

Depois de recheado jogue por cima um brigadeiro mole.
Fica uma delícia!

Veja a receita de brigadeiro sem fogão AQUI.






segunda-feira, 22 de outubro de 2012

NUGGETS AO FORNO COM QUEIJO E PRESUNTO


Que tal uma comidinha rápida para àquelas horas que você está cheia de pressa?

Pois é, outro dia estávamos na maior correria e resolvi fazer esses Nuggets ao forno,
coloquei um pedacinho de presunto e o queijo prato por cima. 
Para quem gosta pode colocar um bom molho de tomate também,
pois ficará muito gostoso.

Em nosso caso, salpiquei apenas o óregano por cima:



Servimos com uma seleta de legumes e arroz branco, 
ficou nota dez!





sábado, 20 de outubro de 2012

SACHER TORTE - BOLO TRIANGULAR



Flavia é uma amiga virtual muito querida. Quando eu me mudei pra Manaus, ela ficava muito preocupada com minha vontade de comer pão de padaria e não sabia onde encontrar. Ela chegou a me enviar mapas do Google, com as padarias mais próximas da minha residência. Mas, como cada estado tem seus hábitos, aqui não tem uma padaria em cada esquina. Em geral, existem algumas padarias importantes que servem desde o café da manhã até o lanche da noite, com direito às sopinhas inclusive.  

No início fiquei meio perdida, pois meu marido saia cedo para o trabalho, ficava muito sozinha e nosso carro ainda não estava disponível. Detalhe, levou 30 dias pra chegar. Então, vocês imaginem como foi minha chegada aqui sem conhecer os amigos que tenho hoje.

Depois que a Tim fez a campanha dos R$ 0,25, conseguimos nos falar pelo celular.
De vez em quando colocamos nosso papo em dia.

 Flavia me convidou  para o seu casamento que aconteceu em 6 de outubro de 2012,
mas, eu moro em Manaus e ela mora no interior de São Paulo,
ficou muito longe pra organizar essa viagem,
mas vibrei como se estivesse lá.

Flávia e Elson, desejo a vocês toda felicidade do mundo  !!!


Elson fez aniversário agora essa semana e ela providenciou algo bem diferente.
Eu adorei tanto a ideia, que pedi pra trazer pra vocês:

Receita original publicada no Facebook
Sacher Torte é um tipo específico de bolo de chocolate , ou torte ,
 inventado pelo austríaco Franz Sacher em 1832 para o 
príncipe Wenzel von Metternich em Viena , na Áustria. 
É um dos mais famosos vienenses especialidades culinárias.

Quem quiser saber maiores detalhes clique AQUI.
(http://www.digplanet.com/wiki/Sachertorte)


Como a foto está pequena, digitei tudo pra vocês:

INGREDIENTES:

2 ovos inteiros
100g de manteiga
1,5 xícara de açúcar
1 xícara(chá) de leite
3 xícaras(chá) de farinha de trigo
1 xícara(chá) de Nescau
1 colher(sopa) de fermento em pó

MODO DE FAZER:

Assar em forma retangular nº2 cortar o bolo ao meio, 
no sentido horizontal (ao comprido) e rechear:

300gr de manteiga
3 gemas
2 xícaras(chá) de açúcar
1 lata de creme de leite sem soro
gotas de baunilha

Cortar o bolo recheado ao meio no sentido vertical(1).Colocar uma parte sobre a outra, recheando também(2). Embrulhar bem, com guardanapo e levar ao freezer. Depois de bem firme, cortar o bolo no sentido diagonal(nas pontas)(3). Colocar as partes em pé, recheando também para unir as partes(4). Verifique se os recheios estão na vertical. Embrulhar novamente e levar ao freezer. Quando for servir, preparar a cobertura que poderá ser um brigadeiro mole, coberto com chocolate granulado ou raspas de chocolate em barra. Guarnecer com fios de ovos, cerejas ou morangos.

Olha que lindo que ficou por dentro:



Parabéns Flávia!!! Obrigada pela sua amizade!
Parabéns ao maridão! E que vocês possam ser muito felizes!




Como acredito que nessa vida NADA É POR ACASO, 
quando fui compartilhar essa receita no Facebook,
conferi que duas primas, uma por parte de pai e outra por parte de mãe,
fazem aniversário hoje, será coincidência? Rsrsrsrs...

São primas que não tinha mais contato e
as redescobri nesse lado bonito do mundo virtual.

Por ordem alfabética....rsrsrs, sem preferências.....rsrsrs:

Parabéns CARLA COSTA!!!

Parabéns VERA SANTOS!!!


Parabéns pra vcs...
Nesta data querida...
Muitas felicidades...
Muitos anos de vida!

Beijinhos, da prima Vovó Cristina.







sexta-feira, 19 de outubro de 2012

BOLO DE FUBÁ


Ontem a noite, uma amiga do Facebook, a Adriana me pediu 
uma receita de Bolo de Fubá.

Entre as muitas da coleção, percebi que ainda não tinha postado aqui no Blog.
Nossa....tratei de bater um bolinho rapidinho pra testar uma das receitas.

Tinha reservado em minhas pasta de receitas de Blogs amigos, as duas receitas
que a Tati do Blog Panelaterapia tinha sugerido.

Fiz a primeira:

INGREDIENTES:

3 ovos
2 xícaras de fubá
1 xícara de farinha de trigo
2/3 de xícara de óleo
2 xícaras de leite
1 e 1/2 xícara de açúcar

MODO DE FAZER:

Bata bem no liquidificador, junte 1 colher (sopa) de fermento 
em pó e bata mais um pouquinho só para misturar.

Os degustadores de plantão, adoraram, mas como não somos fãs de bolo de fubá,
achei meio seco e sem doce, mas é tipo aquele bolinho pra tomar com cafezinho.
Eu sou meio formiguinha, curto algo mais docinho, rsrsrs.

Quem tiver uma receita imperdível de Bolo de Fubá,
por favor deixem nos comentários.

Adriana, com certeza nossas amigas da Blogosfera trarão 
mais receitas pra você.




quarta-feira, 17 de outubro de 2012

ALUÁ OU ARUÁ


Esta semana nosso amigo Olavo teve bastante trabalho.
Ele é médico e de vez em quando confere nossa pressão.
A pressão do meu marido estava alta. 
Resolvemos fazer uns exames e eu também, 
além de algumas alterações, estou com anemia. 

Alimentação natural, com legumes e verduras, 
aqui em Manaus, é bem mais complicado. 
Além dos preços altíssimos, 
nem sempre encontramos produtos com fartura.

Conversa vai e vem, o Dr. Olavo nos sugeriu também 
substituirmos refrigerantes por sucos naturais.
Ele sempre nos traz abacaxis bem docinhos e ontem 
preparou para nós o suco da casca de abacaxi.

MODO DE FAZER:

Lave bem o abacaxi por fora e depois descasque normalmente 
e vai colocando as cascas no liquidificador.



Bate tudo com gelo e açúcar, passe pela peneira e pronto!!!
Fica muito bom!
Eu provei e adorei!

Eu fiquei sabendo que esse suco da casca era mais conhecido, por aqui, por ALUÁ.

Mas uma amiga nossa ligou, assim que eu fiz esta postagem e passou a informação
que o  aluá é feito com a casca do abacaxi, mas é mais demorado.
Em geral, os índios descascam os abacaxis e deixam as cascas de molho na água,
por mais ou menos de 2 a 3 dias, ao luar,
adicionam também cascas de gengibre, caldo de cana ou açúcar mascavo.

A bebida parece se transformar numa bebida alcoólica,
mas na realidade, devido ao tempo de preparo em exposição,
 ela fermenta e fica com esse efeito que os deixam tontos.

*****

 É uma bebida tradicional no Norte do Brasil e é feita de abacaxi ou de milho. Segundo o folclorista Luís da Câmara Cascudo, esse nome pode ser uma corruptela de “ao luar”, porque os escravos preparavam esse refresco à noite.

Pelas pesquisas que eu fiz, podemos afirmar que o aluá foi a coca-cola do Primeiro Império aqui no Brasil. Por ser uma bebida muito refrescante, virou mania tomar aluá na Corte de Dom Pedro I. Mas essa bebida chegou primeiro na Amazônia, Ceará, Pernambuco, Paraíba e no Rio Grande do Norte. 

Era uma bebida portuguesa, mas que sofreu alterações por aqui. 
E era adoçada com rapadura.

O Aluá feito em Portugal era uma bebida adicionada de bagaceira, 
que é a cachaça feita de uva e que muita gente conhece também como grapa. 

Só que os índios da Amazônia também faziam um suco parecido, com abacaxi e com teor alcoólico bem mais baixo, porque eles usavam o abacaxi fermentado, que gerava uma pequena graduação alcoólica de 3%, metade da de uma cerveja Pilsen.

Então o aluá brasileiro misturou o culto religioso dos africanos, a colonização portuguesa e a culinária indígena. Portanto, temos aí, talvez a bebida genuinamente brasileira ou, no mínimo, a mais tradicional feita por aqui.

Hoje em dia você não encontra aluá em todas as esquinas, mas nos festejos religiosos ela é uma bebida tradicional. Na Umbanda e no candomblé, o aluá é oferecido a Yemanjá.

Em Minas Gerais, ele ainda é servido nos rituais de fé da Igreja Católica, 
geralmente nas irmandades e não pode ser vendido. 
No Nordeste, o aluá é bebido em algumas cidades do sertão, 
nas novenas, nas festas das padroeiras. Fonte: Blog Gourmet Brasília

E pela nossa querida wikipédia:

O aluá é uma bebida refrigerante de origem indígena, feita com a fermentação de grãos de milho moídos. No Acre e no resto da Amazônia é comum se usar o milho triturado ou a farinha de milho. Em outras regiões, como por exemplo em Belém, se usam cascas de frutas como o abacaxi, raiz de gengibre (esmagada ou ralada), açúcar ou caldo de cana e sumo de limão. Também chamada de aruá.





sábado, 13 de outubro de 2012

SORTEIO MOCOCA PARA O NATAL


Que tal ganhar um kit desses?

Este kit será sorteado logo no início de dezembro para dar tempo de 
organizar o sorteio, receber os dados, encaminhar 
para a empresa Mococa e vocês poderem
 receber a tempo de 
incrementar o 
seu Natal.

SORTEIO PRORROGADO: 5 DE DEZEMBRO DE 2012

Anotem em sua agenda e venha conferir.

Deixe aqui nesta postagem:

NOME:
NOME DE SEGUIDORA:
E-MAIL:
CIDADE/ESTADO

Boa sorte!!!

Este kit contém:


1 lata de leite condensado, 1 leite condensado tetra pak , 1 creme de leite, 1 caixinha de molho branco, 1 molho estrogonofe, 1 molho madeira, 1 molho quatro queijos, 1 sachê de farinha láctea, 1 sachê de mingau de arroz, 1 sachê de mingau de milho, 3 unidades de Mocoquinha tradicional, 1 manteiga e 1 leite integral.


sexta-feira, 12 de outubro de 2012

PUDIM SEM LEITE CONDENSADO E RECORDAÇÕES com O Voo da Águia


FELIZ DIA DAS CRIANÇAS!!!

Hoje é um dia muito especial, um dia pra todos comemorarem, 
quem não tem uma criança dentro de si, não é mesmo? 

Criei no Facebook ontem, em meu perfil pessoal, um álbum pra recordar:

Meu irmão e eu, em nosso primeiro aninho de vida,
ele em jun de 60 e eu em set de 67.

Danilo e Bia, meu filhos quando estavam com um aninho também.

Passei um dia escaneando as fotos, fazendo um flashback.

Como é bom recordar os bons momentos da vida, não é?

Falando em recordar:

Esta semana foi de saudade mesmo.

Minha filha, domingo passado estava com saudades e me deixou assim tristinha,
porque eu aqui em Manaus e ela no Rio de Janeiro, fica complicado resolver essa questão fisicamente.

Ela postou um video do Barry Manilow com a música Mandy e chorei muiiiito, 
recordando que essa era a música que meu pai mais gostava. 
Ele faleceu quando eu tinha 9 anos.

 Acho legal registar nossa conversa:

Cristina Palma Bia Palma, filha querida,

desde pequena, acho que por intuição, você sempre dizia que seu animal preferido era a águia, lembra?

Conversando ontem com o Papai Noel ( Adonai ) sobre a saudade que sinto de vocês, ele me tranquilizou dizendo que as águias são assim...na hora certa empurram seus filhotes. Contou tantos detalhes. E de fato, eu vejo que vocês cresceram tanto sem a mamãe por perto...

"Sabe como a Águia ensina seu filhote a voar? A Águia faz o ninho bem no alto de um pico rochoso. Abaixo, somente o abismo e em volta o ar para sustentar as asas dos filhotes. A águia mãe empurra os filhotes para beira do ninho. Neste momento seu coração. Se acelera com emoções conflitantes, pois ao mesmo tempo que empurra sente resistência dos filhotes em não querer ir em direção ao precipício. Para eles a emoção de voar começa com o medo de cair. Faz parte da natureza da espécie. Apesar da dor, a águia sabe que aquele é o momento, sua missão deve se completar, mas ainda resta a tarefa final: O Empurrão. A águia enche-se de coragem, ela sabe que enquanto seus filhotes não descobrirem suas asas, não entenderão o propósito de sua vida, enquanto não aprenderem a voar, não compreenderão o privilégio que é nascer águia, assim o empurrão é o maior presente que ela pode oferecer a eles. E seu supremo ato de amor, então empurrando um a um, ela os precipita para o abismo e eles voam livres após descobrirem suas asas. Mas, se ainda eles não descobrem como ela que tem uma capacidade de voar em uma velocidade incrível, quase sempre, salva seu filhote a poucos metros do solo."



Você sabe que sempre ouvi essa música (MANDY) achando ser a música preferida da sua vó (minha mãe). 
Mas, há poucos anos, descobri pela minha madrinha, que era a música que meu pai mais amava.
Ele sempre foi mesmo um mestre iluminado. Quando ele faleceu, quando eu tinha apenas 9 anos de idade, 
sabia que eu cresceria muito mais sem ele por perto.


SEI QUAL PARTE DA TRADUÇÃO DESTA MÚSICA QUE MAIS TOCOU VOCÊ:

Eu vejo uma memória

Eu nunca percebi

Como você me fez feliz 

Você veio e se deu sem nada receber,

Mas eu te mandei embora, 

E eu preciso de você hoje.

Eu estou de pé na beira do tempo
Eu fui embora quando o amor era meu
Presa em um mundo de escalada subida
As lágrimas estão em minha mente

Bia, a melhor parte de tudo isso, é saber que ESTOU AQUI, minha filha.
Meus pais, não mais, mas eu estou aqui, assistindo o seu lindo voo e eu sei que você vai longe. 
Eu sei que terão dias difíceis, mas lembre sempre de flutuar sobre os problemas. Faça uma bolinha com a sua raiva e a jogue pela janela...rsrsrs...eu sempre me lembro quando você dizia isso, e você tinha apenas 10 aninhos, lembra? Você vai tirar de letra filha...respira fundo!

Te amo, muito mais do que você imagina.



Bia Palma não tenho condições pra te responder esse texto agora, há tempos algo não me tocava tanto... Então deixo aqui apenas um OBRIGADA, foi importante ler isso



Cristina Palma Oh minha filha (Bia Palma)...queria muito te colocar no colinho agora e fazer um cafuné...mas daqui a pouco você vem pra cá de novo e matamos as saudades, tá?


Depois de tudo isso, meu marido, trouxe os detalhes, com todo carinho:


Carlos Adonai Vásquez Bom, não posso passar por aqui sem me impor uma contribuição pertinente.

Antes de dar o empurrão em seus "filhotes", a grande águia os leva, um por um, ao fundo da caverna escolhida no topo da mais alta montanha da região que domina. Lá, posicionando 
o filhote junto à pedra, ela dá alguns passos para trás e inicia um dos mais lindos rituais de iniciação que a natureza lhe conferiu. Ela começa lentamente a bater suas imensas asas criando uma espécie de "brisa suave”. O filhote se debate "preguiçosamente" ao ser impulsionado contra a pedra. De acordo com sua demonstração de iniciativa diante daquela novidade, o filhote sinaliza para a grande águia se está ou não preparado para sobreviver àquela brisa. Um a um, ela repete o ritual. Dias depois ela dá continuidade à iniciação. Agora, além de iniciar os movimentos para produzir a "brisa suave” ela aumenta o movimento das asas para o filhote perceber que está chegando a hora de “se movimentar” se defendendo da ação da "brisa suave” que está bem mais forte que a primeira vez. A grande águia repete este ritual de iniciação até perceber que os filhotes já conseguem planar na caverna com a lufada de ar que ela produz com o movimento de suas asas cada vez mais frenético e intenso. Ao perceber a plumagem definida de seus filhotes a grande águia os leva, um a um, para o fundo da caverna em um teste final. Na sequência, conduz o mais novo à beira do precipício e o empurra lançando-se simultaneamente com este. Ela observa os movimentos do filhote e o deixa tentar voar até que este esteja o mais próximo possível do solo. No caso de uma tentativa frustrada, a grande águia o apanha num fabuloso rasante conduzindo-o à caverna no topo da montanha. Ela fará mais alguns exercícios iniciáticos com o filhote mais jovem, no mesmo dia do teste, e o colocará novamente à prova de voo.

No caso do filhote mais jovem conseguir voar, ela retorna à plataforma de voo escolhida no precipício para repetir o teste com os demais. Em tese, pensa a grande águia, se o mais jovem conseguiu, todos conseguirão.

Ao retornar, a grande águia percebe que o primogênito já está voando próximo ao irmão mais jovem e até se arrisca em manobras próprias e loops desconcertantes. Se os demais ainda não tomaram a iniciativa de voar, aí sim, a grande águia os empurra. Contudo, o voo é monitorado, semelhante ao que fora feito com o filhote mais jovem.

Na necessidade de rasantes para salvar algum filhote, a grande águia o faz somente mais uma vez, pois em sua compreensão (instinto animal) se aquele filhote, já “moço”, não consegue voar depois de tudo que ela ensinou, ele deve mesmo se “esborrachar” nas pedras pois não terá o mínimo necessário para se defender de um predador mais tarde. E uma águia não admite ser vencida por outra espécie.

Ainda, como parte de meus comentários, faço algumas considerações, meu amor, sobre o seu texto acima:

• Você não é uma águia. É um ser humano maravilhoso e sempre estará disposta a promover “rasantes”, quantos necessários, para preservar a vida e a felicidade de seus “filhotes”. Embora, talvez um dia, o pensamento de águia possa te visitar. E quem não os teve, tem ou terá, levando em consideração a rebeldia dos filhos sem justa causa;

• O melhor de tudo não é saber que VOCÊ ESTÁ AQUI. O melhor de tudo é saber que você sempre estará pronta para colocar no colo e acalentar teus “filhotes”. Ainda que os motivos que os levarem a dor e incertezas sejam ou não relevantes;

• Os teus pais, onde quer que estejam, acompanharam a tua “iniciação”, fizeram bem a tarefa de casa. Mesmo antes de darem o último voo, sabiam que a pequena Cris seria uma grande mulher e voaria com competência no momento certo. E poderia continuar a sina da família produzindo a mesma preparação para os filhos, netos e descendentes;

• Se ainda me permitir um conselho, direi a minha “filha” do coração: Não faça “uma bolinha de raiva e jogue pela janela”. Sempre haverá o risco de a sua bolinha atingir alguém que não merece ou não precisa passar por isso. A sua raiva sairá de você, mas poderá habitar numa outra vida se o acidente se concretizar. Minha sugestão é de que olhe sempre a RAIVA por outro ângulo para descobrir o que ela pode representar. Se você inverter a palavra vai descobrir que ela pode ter outro sentido, AVIAR. Em outras palavras, aviar significa preparar o medicamento prescrito em uma receita. E as receitas sempre trazem remédio para curar um mal.

E, para finalizar a minha participação nesta postagem, vou comentar um detalhe da/na música Mandy. Observem Cris e Bia, que na última estrofe cantada, ainda que a legenda (Lettering) contenha a palavra hoje, sensivelmente Barry Manilow não pronuncia today, o que nos leva a refletir sobre a intenção do artista em que (I NEED YOU) “EU PRECISO DE VOCÊ”, não aconteça apenas por um instante, hoje ou em algum tempo. Ele pronuncia YOU (você) longo e “infinito” e habilidosamente o diretor de TV instruiu o cinegrafista que operava a grua (remeta-se a cena inicial para perceber que é a mesma câmera 3 que inicia e finaliza o clipe) a dar um zoom-out para construir no inconsciente do telespectador (ou espectador – aquele que está na expectativa) a sensação de continuidade, algo infinitamente permanente.

Espero que entendam o que eu quis transmitir com esse texto. Agora é hora de fazer exames no coração. Meu médico favorito, Dr. Olavo Luz, está de plantão no 28 de Agosto me esperando para controlar essa pressão de 19x11 de hoje. Deus esteja sempre conosco.



Cristina Palma É meu amor...que bom que você trouxe os detalhes que conversamos ontem. "Nossa" filha mais nova, vai adorar! Ela adora detalhes, né Bia Palma? Meu Papai Noel vc é incrível mesmo...obrigada por tantos ensinamentos!



Bia Palma Vocês querem me fazer chorar hoje, né danadinhos ? rss... Depois desses textos profundos e tocantes me sinto até incapaz de lhes dar uma resposta à altura.
Mas lembro como se fosse ontem sim esse meu fascínio por águias, coisas de criança rs, vai enten
der... Mas depois de saber e me identificar tanto com elas poderei dizer com propriedade o quão magnífico é esse animal e que eu estava certa em admirar tanto essa ave. 
ACALENTO, ai essa palavra... De todas que eu conheço é de longe a que eu mais gosto e nem preciso dizer o motivo rsssss.... 
E essa parte da raiva veio a calhar, ando em um período não tão calmo, digamos assim rs (mesmo com yoga, meditação e derivados), As vezes nós sabemos o que fazer, sabemos a resposta, mas simplesmente não vemos, não nos é conveniente e ter uma opinião externa nos faz avaliar com mais frieza e sensatez, gerando a vontade de mudar. Obrigada mais uma vez! 
Quanto ao precisar, ando numa fase meio rebeldezinha hahaha, já jurei de mar em mar que não preciso de ninguém e que a minha companhia por si só basta... Mas para vocês que me conhecem sabem que é coisa de adolescente né hahaha, porque lá no fundo, no meu amago eu sei que sempre irei precisar, talvez não precisar, mas lembrar com com carinho e gratidão, sem contar na imensa saudade que será uma amiga fiel pro resto da vida. Não preciso de vocês para voar, mas preciso de vocês para me atirar nesse abismo, podendo até precisar do socorro de vocês caso eu em alguma hora não consiga seguir, e ai quando eu estiver pronta, podermos voar JUNTOS e dar boas risadas no final... NEOQEAV! Palavra nenhuma irá traduzir o que meu coração grita agora, mas eu espero que vocês consigam captar isso que eu quero tanto dizer, mas que não existem meios (pelo menos não pela internet) de dizer! MILHOES DE BEIJOSSSSSSSSSSS COM MUITO AMOR E CARINHO E QUE SEU CORAÇÃO FIQUE OTIMO PAPAI NOEL!!!!



Vocês imaginem o quanto chorei?

Pois é ...mas hoje é um dia de alegrias e eu já me recuperei....rsrsrs.

Valeu muito pelos ensinamentos, claro!

Meu Papai Noel é um mestre e sempre diz:
Sem conflito, não há evolução!
Faz parte, né? 

*****


E que tal aprender a fazer o pudim sem o leite condensado?
Essa pra mim, foi novidade.

Minha amiga Sheila, me passou essa curiosa receita.

Veja como é fácil:

INGREDIENTES:

1 pacote de 400g leite em pó 
(ela usou Itambé)
4 ovos
20 colheres de sopa rasa de açúcar
400ml de água

MODO DE FAZER:

Bater todos os ingredientes por 7 minutos no liquidificador.
Leve à panela de fazer pudim, com sua forma caramelada ao fogo por 40 minutos.
Coloque pra gelar e pronto.

Se quiser decore com ameixas pretas.

Fica muito gostoso e cremoso
Receita aprovadíssima!!!

Obrigada Sheilaaaa!

OBS: ANTES DE ASSISTIR O VÍDEO,
DESLIGUE A RÁDIO NO BOTÃO NA BARRA LATERAL DO BLOG!
Pra quem quiser saber qual foi o video da nossa conversa:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...